Pesquisas indicam aumento do trabalho remoto após pandemia

Um levantamento do instituto Ideia Big Data revelou que 6 em cada 10 brasileiros acreditam no aumento do home-office — ou trabalho remoto — após a pandemia. A pesquisa foi feita com 1.581 pessoas, contatadas por telefone entre os dias 31 de março e 01 de abril. 

Quem também trás uma constatação muito parecida é o professor André Miceli, da Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com o especialista, o crescimento do chamado “home-office” deve ser de 30% após a retomada das atividades. 

O porquê da ascensão do home-office

Um dos principais fatores por trás do crescimento do trabalho remoto está na eficiência que modalidade. Ela vem demonstrando desde que as empresas passaram a adotá-la. 

“O home office já se mostrou efetivo. Aliado a isso, você tira carros da rua, desafoga o transporte público, mobiliza a economia de outra forma. E você faz com que as pessoas tenham mais tempo para cuidar da saúde delas e que elas possam usufruir de coisas que lhe dão prazer sem que você tenha uma redução das entregas e do faturamento”, explica Miceli.

Empresas que já adotavam o trabalho remoto

Antes mesmo da pandemia, cada vez mais empresas vinham adotando essa prática, fosse para uma parte de seu quadro de funcionários, fosse para 100% de seus colaboradores. Esse é o caso da Tema Group, empresa focada em otimização de canais digitais. 

“Atuamos no modelo remote first, no qual 100% do time trabalha de forma remota. Nosso escritório ficava em um coworking em São Paulo e era utilizado quando algum funcionário quisesse trabalhar de lá, levar clientes ou até realizar entrevistas. Mas interrompemos sua utilização logo após o início da quarentena”. É o que diz Eileen Morgado, do time de Aquisição da Tema. A empresa, especializada em otimização de canais digitais, conta atualmente com funcionários que trabalham remoto de São Paulo, Santos, Rio de Janeiro e até mesmo de fora do país, como do Texas e de Dublin. 

E como não podia deixar de ser, a Remotar apoia o crescimento de empresas que oferecem a possibilidade do trabalho 100% remoto, mesmo fora do contexto da pandemia causada pelo novo coronavírus. 

Como uma forma de contribuição para a modalidade, fizemos um levantamento de empresas com atuação nacional que oferecem a possibilidade do trabalho 100% remoto. E vale destacar que a lista está em constante atualização, à medida que mais empresas abraçam a opção. 

Deixe o seu pensamento

Receba nossas novidades